Mamanguá: Berçário Marinho

Mamanguá
e Reduto Tradicional de Caiçaras
Livro de Paulo Nogara

Preço: R$ 120,00



Quantidade:








Informações Sobre o Produto

Abordando a urgência na conservação deste patrimônio natural, o criterioso livro "Mamanguá: Berçário Marinho e Reduto Tradicional de Caiçaras" do biólogo Paulo Nogara tem a finalidade de sensibilizar a sociedade para esta questão e preservar a rica memória sócio-cultural da região. Com prefácio do ambientalista Carlos Minc e ilustrado com belas imagens de Araquém Alcântara, um amante da região, o livro, dividido em sete capítulos, abre espaço para que renomados especialistas tratem com merecida relevância o universo da região em textos de leitura agradável e de grande qualidade editorial. Junto ao livro segue encarte com traduções dos textos em inglês e francês.
Paulo Nogara é biólogo, tendo feito seu mestrado sobre planejamento e manejo de áreas protegidas marinhas e costeiras na Universidade de Quebec, campus de Rimouski no Canadá. Já antes do mestrado trabalhou como pesquisador do Nupaub - Núcleo de Populações Humanas e Áreas Úmidas, da Universidade de São Paulo, no início da década de 90, desempenhando um papel importante na pesquisa de campo realizada por esse centro no Saco do Mamanguá. Desde o início, ele se interessou tanto pelos aspectos biológicos como sócio-culturais da população caiçara do Mamanguá, sendo co-autor do livro O Nosso lugar virou parque: estudo sócio-ambiental do Saco do Mamanguá - Paraty, hoje em sua terceira edição. Paulo Nogara foi além de um trabalho acadêmico, tendo-se empenhado na organização dos caiçaras através da AMAM - Associação de Moradores e Amigos do Mamanguá, estimulando diversos projetos na área de saúde, educação, artesanato e e pesca. Juntamente com os pescadores locais, planejou e implantou os dispositivos de exclusão do arrasto - DEAs, que assentados no fundo do estuário impediu as atividades dos barcos de arrasto, vindos de fora e que depredavam os recursos pesqueiros, favorecendo a pesca dos caiçaras locais. A partir de 2004, coordena o projeto de proteção e uso sustentável dos recursos marinhos, com atividades de cultivo de ostras e de turismo ambiental (Antonio Carlos Diegues).

160 páginas

Forma de pagamentos:
Opções de Entrega: